Posts Tagged ‘ dialetos ’

Coisa de Paraense

Olá pessoal, seguindo a sequencia desta breve análise da diferença de linguagem nos estados brasileiros.

Hoje acompanharemos a maneira de falar de um paraense!

Como vocês já sabem, o sistema é o mesmo.  Este post não tem como objetivo induzir ao preconceito, ao bullying, nem ofender de forma alguma os nativos moradores do segundo maior estado do Brasil. Vamos naturalmente rir com algumas diferenças, mas não existe nada de anormal com dialetos. Antes de ofender alguém por isso, lembre-se que na sua região, sem dúvida, dialetos também são pronunciados a todo instante, inclusive por voce.

Vamos lá!

* ÉGUA – Vírgula do paraense, usada entre mil de mil frases ditas, e com essa expressão, ele não tem a menor chance de errar nas concordâncias.

* LEVOU O FARELO – Se deu mau.

* PITIÚ – Cheiro de característico de peixe, você consegue senti-lo com maior intensidade no VER-O-PESO. Cheiro de ovo também é pitiú.

* “SÓ-TE-DIGO-VAI!” – Expressão usada pelas mães pra chamar a atenção dos filhos, quando não às obedecem.

* “TE ACOCA” – Te abaixa.

* “MUITO PALHA!” – Muito ruim!

* TUÍRA – Pó da pele de quem não toma banho direito!

* “MAS-COMO-ENTÃO?” – “Me explique, por favor!”

* “BORA LOGO!” – Se apresse!

* “BORIMBORA!” – Vamos embora.

* “MAS QUANDO!” – Você está mentindo!”.

* “EU CHOOORO!!!” – Significa “não to nem aí pra ti!, te vira!, dá teu’jeito!”.

* “OLHA QUE O PAU TE ACHA!” – Toma cuidado!.

* FILHO DUMA ÉGUA! – Filho da mãe!

* “E-GU-Á! “- Poxa vida!!!

* “PAI D’ÉGUA!” – Excelente!

* “MAS CREDO” – Sai fora.

* OLHA JÁ – É mentira!!

* JÁ ME VÚ – “TchauÊÊÊ”..Quando algo que se conta é mentira.

* ERAS – o “Eras” acompanha também todos esses sinônimos.

* TU ALOPRAS – Você “apela”.

* HUUUIM! TÁ, CHEIROSO! – “Hum…tá bom, gatinho, tá bom lindo, tá bom

bonito” É uma forma de ironia, tipo “conta outra!.”

* PUTISTANGA – Sinônimo de “É-GU-A” que quer dizer: “poxa vida!!!”

* UUUULHA – Expressão usada por nossas crianças quando querem se referir a algo.

* ASSANHADO – Para nossos amigos sulistas, esse adjetivo não quer dizer “ENXERIDO”, e sim, seu cabelo está bagunçado!!

* DIACHO! – Expressão de desapontamento.

* DESPOMBALECIDO – 1. Estado de moleza e cansaço. 2. Enfermidade. (Essa é demais!)

* MERDA NÁGUA! – É o famoso “maria vai com as outras”.

* CARAPANÃ – Pernilongo, mosquito, borrachudo.

* PÔ-PÔ-PÔ – Embarcação típica composta por um a canoa coberta, movida a motor de 2 tempos na pôpa.

* CALANGO ou OSGA – lagartixa (de chão).

* BAITA – Algo legal, bacana.

* ARREDA AÍ – Afasta aí.

Obrigado por mais esta pessoal!!

Abraços

Coisas de Alagoano!!

Olá pessoal, atendendo a pedidos aqui vão algumas coisas que me lembro de ter ouvido nas dialéticas enquanto morava naquele estado amravilhoso, de águas calmas e límpidas.

O sistema é o mesmo, sem coisas de preconceito, bullying e etc, como no post coisas de Baiano. E uma coisa que achei curiosa é o fato de algumas palavras e termos da Bahia serem semelhantes com as palavras e termos citados em Alagoas, mas confesso que em Alagoas esses termos são mais intrigantes!

 

Eta boba serena, vamos começar!!

 

♦ Alagoano não diz ‘concordo com você’, ele diz: issssso, homi!!!

♦ Alagoano quando se empolga, fica com a “mulesta dos cachorro”.

♦ Alagoano não conversa, ele “resenha”.

♦ Alagoano não toma água com açúcar, ele toma “garapa”.

♦ Alagoano não mente, ele engana”.”

♦ Alagoano não sai apressado, ele sai “desembestado”.

♦ Alagoano não espera um minuto, ele espera um “pedacinho”.

♦ Alagoano não se irrita, ele se “arreta”.

♦ Alagoano não ouve barulho, ele ouve “zuada”.

♦ Alagoano não é esperto, ele é “desenrolado”.

♦ Alagoano não é rico, ele é um cabra “estribado”.

♦ Alagoano não é homem, ele é “macho”.

♦ Alagoano não é gay, ele é “bicha”.

♦ Alagoano não dá bronca, dá “carão”.

♦ Alagoano quando não casa, ele fica “amigado”.

♦ Alagoano não tem diarréia, tem “caganeira”

♦ Alagoano não tem perna fina, ele tem “cambitos”.

♦ Alagoano não joga fora, ele “avoa no mato”.

♦ Alagoano não vigia as coisas, ele “fica tucaiando”.

♦ Alagoano não se dá mal, “se lasca todinho”.

♦ Alagoano quando se espanta não diz: – Xiiii! Ele diz: Viiixi Maria! Aff Maria!

♦ Alagoano não é chato, é “cabuloso”.

♦ Alagoano não é cheio de frescura, é cheio de “pantim”.

♦ Alagoano não pula, “dá pinote”.

♦ Alagoano não briga, “arenga”.

♦ Alagoana não fica grávida, fica “buchuda”.

♦ Alagoano não fica bravo, fica com a “gota serena”.

♦ Alagoano não briga, ele “mete a faca no bucho, vai encarar?’

♦ Alagoano quando liga pra alguém não diz alô, atende e diz logo:- Tais ondi?

♦ Sem contar os xingamentos que aderem aos nomes de doença…

 

 

 

Faz muito tempo que eu não ouço alguém falando boba serena!!

 

Abraços!