Posts Tagged ‘ Whuffie ’

O Limoeiro no Terreno de Trás de Casa

Olá. É verdade. no terreno que fica atrás da casa, onde humildemente resido, existe um limoeiro que me exibe todas as vezes que eu abro o portão o ar da sua graça. E é alto o filho da mãe, está todo dia, toda hora, pomposo e verdinho durante todas as horas.

Vou falar do limoeiro jajá, preciso explicar algumas coisas primeiro!

Ontem foi meu primeiro dia de blog, na verdade são menos de 24 horas e confesso a surpresa quando entrei no painel do wordpress e vi nas estatísticas que já haviam quatro maravilhosos acessos e um comentário! Puxa, suspreso mesmo! (gostaria até de aproveitar para agradecer aos que acessaram este espaço.) Explico o motivo de tanta surpresa, é que eu não tenho whuffie que basicamente é sua reputação online. E ele é um valor dado pelas outras pessoas de acordo com suas ações na rede. Se voce faz coisas legais, escreve bem, diz coisas com sentido e tal voce acaba por adiquirir esta fama, mas se do contrário voce será no mínimo marcado como spam e não será lido por ninguém além de sua mãe, isso é claro se ela for familiarizada com o a navegação na web. (Não sei o que é mais difícil, se o uso da internet em sí ou se é o mouse que atrapalha!) Obviamente é um bem volátil e frágil. E que pode ser transformado em outros bens de valor, como dinheiro, amizades, privilégios, etc..

Nós usuários da rede mundial de computadores, a A World Wide Web sabemos que entre outras coisas um blog serve para a  abertura do diálogo com o leitores, e é claro para todos que a soma da seguinte equação: Produção de conteúdo + alimentação do blog + moderação + visibilidade (=) resulta no mínimo, em reputação e manutenção da mesma. Já estou caminhando para o meu segundo post e ainda não espero grandes números, afinal não tenho mesmo whuffie, apesar de possuir um orkut com pouco mais de 600 pessoas, um facebook com 136 amigos, um twitter que eu deixo a desejar e um msn que nem entro direito. Produzo para o blog talvez para esvaziar a mente, por produzir, melhorar o vocabulário, a escrita, e lá no fundinho existe sim a esperança de ver o meu contador de cliks subindo, num aclive constante.

Sim, o limoeiro! Num ato de empolgação, peguei a inchada, abri o portão eeee….. limpei ao redor e embaixo do limoeiro. Gostei do resultado: Além de melhorar a qualidade de vida daquele sofredor, aproveitei o seu melhor me utilizando por alguns minutos de sua sombra e fiz uma ótima mistura do sumo dos limões com água e açucar, que resultou lógicamente numa ótima limonada, ao qual estou desfrutando agora (geladinha)!

Mas o que o blog tem a ver com o limoeiro?!

Tudo a ver! Assim como o limoeiro o blog também precisa de cuidados:

  • O limoeiro precisou ser plantado e germinado. Já o blog precisou ser criado.
  • O limoeiro precisa de água. O blog de posts, layout e tags.
  • O limoeiro precisa ser limpo, que seus ramos improdutivos sejam retirados. O blog precisa de posts e muuuita divulgação.
  • O limoeiro precisa que voce retire os seus frutos para que ele não perca tempo. O blog precisa de várias sementes(vários posts, e midia em sí) para poder resultar em acessos e comentários
  • e por ultimo e não menos importante: O limoeiro precisa que alguem necessite de limão para algo. O blog precisa que alguem encontre algo de útil nele, um pensamento, uma idéia, um raciocínio… qualquer coisa, pois aí sim o leitor vai comentar, acessar outras vezes e o melhor de tudo, espalhar para seus amigos que aquele blog é legal.

Vou ficando por aqui, em breve voltarei com outros posts, outras mudanças e uma nova idéia.

Abraço aos leitores!